Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

13/01/2009 - Veja quem não votou em Cristiano Ronaldo para o melhor do mundo

Eleito o melhor jogador do mundo em 2008 com 935 pontos, Cristiano Ronaldo mereceu.

Mas o português não encabeçou a lista da maioria dos votos de grande prestígio. A eleição coleta opiniões de capitães e técnicos de todas as seleções de futebol do mundo. Entre os principais capitães, Ronaldo não recebeu votos de John Terry (Inglaterra), Michael Ballack (Alemanha), Iker Casillas (Espanha), mas conseguiu opiniões favoráveis a colocá-lo no topo do mujndo de gente ilustre, como Cannavaro (Itália), Lúcio (Brasil), Vieira (França) e Shevchenko (Ucrânia).

Entre os técnicos, a discrepância foi maior. Ronaldo pode ver seu nome como o melhor do mundo em 2008 na cédula de Fabio Capello (Inglaterra), Sven Goran Eriksson (México), Dunga (Brasil) e Maradona (Argentina). Mas gente importante como Vicente Del Bosque (Espanha), Ottmar Hitzfeld (Suíça), Oscar Tabares (Uruguai), Giovanni Trapattoni (Irlanda) e o técnico campeão do mundo, Marcello Lippi (Itália), preferiram outros jogadores. Os votos selecionados são de técnicos de seleções expressivas ou de nomes expressivos de seleções sem tanta importância. A relação completa você pode ver no site da fifa.

A lista das principais curiosidades segue abaixo:

PRÓ-RONALDO

CAPITÃES

Cannavaro (Itália) - 1. C. Ronaldo, 2. Casillas, 3. Ibrahimovic

Vieira (França) - 1. C. Ronaldo, 2. Messi, 3. Casillas

Lúcio (Brasil) - 1. C. Ronaldo, 2. Gerrard, 3. Torres

Mascherano (Argentina) - 1. C. Ronaldo, 2. Torres, 3. Gerrard

Adebayor (Togo) - 1. C. Ronaldo, 2. Messi, 3. Gerrard

Shevchenko (Ucrânia) - 1. C. Ronaldo, 2. Torres, 3. Gerrard

Drogba (Costa do Marfim) - 1. C. Ronaldo, 2. Torres, 3. Casillas

TÉCNICOS

Sven Goran Eriksson (México) - 1. C. Ronaldo, 2. Messi, 3. Torres

Fabio Capello (Inglaterra) - 1. C. Ronaldo, 2. Messi, 3. Torres

Dunga (Brasil) - 1. C. Ronaldo, 2. Torres, 3. Arshavin

Maradona (Argentina) * - 1. C. Ronaldo, 2. Ibrahimovic, 3. Arshavin

Vicente del Bosque (Espanha) - 1. C. Ronaldo, 2. Messi, 3. Gerrard

ANTI-RONALDO

CAPITÃES

John Terry (Inglaterra) - 1. Xavi, 2. Torres, 3. C. Ronaldo

Hyppia (Finlândia) - 1. Torres, 2. C. Ronaldo, 3. Arshavin

Ballack (Alemanha) - 1. Torres, 2. C. Ronaldo, 3. Terry

Benayoun (Israel) - 1. Torres, 2. Gerrard, 3. C. Ronaldo

Van Bronckhorst (Holanda) - 1. Xavi, 2. Messi, 3. C. Ronaldo

Casillas (Espanha) - 1. Eto’o, 2. Gerrard, 3. Messi

Lugano (Uruguai) - 1. Ibrahimovic, 2. Kaká, 3. Messi

Técnicos

Ottmar Hitzfeld (Suíça) - 1. Ribéry, 2. Messi, 3. Ballack

Oscar Tabares (Uruguai) - 1. David Villa, 2. Eto’o, 3. Ibrahimovic

Carlos Queiroz (Portugal) * - 1. Xavi, 2. Kaká, 3. Ibrahimovic

Giovanni Trapattoni (Irlanda) - 1. Messi, 2. Ibrahimovic, 3. C. Ronaldo

Guus Hiddink (Rússia) - 1. Xavi, 2. Gerrard, 3. Messi

Marcello Lippi (Itália) - 1. Messi, 2. C. Ronaldo, 3. Iniesta

Bert van Marwijk (Holanda) - 1. Xavi, 2. Torres, 3. Adebayor

* Não podia votar em jogadores de sua própria seleção


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet