Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

09/01/2012 - Amistoso sem gols em São Carlos no primeiro teste do XV Jaú

Terminou sem gols o primeiro amistoso do XV de Jaú na pré-temporada da Série A-3. O Galo foi a Dourado neste sábado cedo e enfrentou o São Carlos, clube que disputará a Série A-2. O jogo foi útil para o treinador Toninho Cobra avaliar o rendimento dos atletas e iniciar a busca pelo entrosamento que a equipe precisa.

Cobra surpreendeu no início do jogo ao escalar o primeiro tempo os reservas do XV - formado basicamente por atletas remanescentes da Copa Paulista, com o acréscimo de Walter no gol, João Paulo na lateral-esquerda e Asprilla no ataque. Só no segundo tempo o treinador mandou a campo o time principal, no qual estão nove reforços e mais Du Lopes e Rodriguinho, que já faziam parte do elenco desde o ano passado.

Cobra considerou importante o jogo, destacando o poderio de marcação e a garra dos atletas que jogaram a primeira parte do amistoso - encarando o time principal do São Carlos, conseguiram manter o placar de 0 a 0, mas por pouco não venceram, uma vez que o meia Arthur teve uma cobrança de pênalti defendida pelo goleiro rival.

Sobre a equipe principal, o técnico disse que os jogadores precisam ganhar ritmo e ainda melhorar o condicionamento físico, mas que mesmo assim deu pra ver qualidade no jogo contra o São Carlos. No segundo tempo ninguém fez gol também. Essa melhora, segundo o técnico, vai ocorrer com a sequência de amistosos.

O próximo será na quarta-feira, dia 11, em Pederneiras, contra o Noroeste. No dia 14 o Galo recebe a Santacruzense e no dia 18 o União Sâo João de Araras. Nessa última partida, Toninho Cobra diz que pretende encarar com um jogo de verdade, com dois tempos de 45 minutos e no máximo três substituições. A proposta dele é ver os titulares numa situação real de jogo a 11 dias da estreia na A-3.

Até lá, segundo ele, o elenco titular de hoje poderá ter alguma alteração - talvez a entrada do volante Eduardo e do centroavante a ser contratado para ser o homem de referência no ataque.

O XV jogou com Walter; Jean, Tiago, Luís e João Paulo; Bruno Ignácio, Igor, Vinicius e Artur; Júlio César e Asprilla. Depois, na segunda etapa, jogaram Walter; Ricardo Lopes, Du Lopes, Kélis e William Mineiro; Luis Fernando, Leandro, William Baiano e Rafael Fusca; Rodriguinho e Fabinho.



Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet