Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

03/11/2010 - Dr. José Maria apresenta projeto "formiguinha" para salvação do BEC em 2011

O Ex-Presidente e atual Conselheiro do BEC, vestindo camisa do CSRF que ganhou do Presidente Rodolfo, anunciou no programa "Esportes em Debate" que vai ao ar pela Rádio Independente AM 1010 todos os sábados das 9:00 às 10:00 da manhã que apresentará na reunião do Conselho na noite de quarta-feira 3-11-10, o projeto "formiguinha", de sua autoria que poderá ser aproveitado com o objetivo de salvar o BEC em 2011. Vejam o resumo abaixo:

PROJETO BEC ACESSO EM 2011. (10 motivos pra dar certo)

1) Ampliar quadro de associados (mínimo):
500 associados (arquibancada coberta) x R$ 30,00 R$ 15.000,00
1.000 associados (arquibancada geral) x R$ 20,00 R$ 20.000,00
Total geral......................................................................... R$ 35.000,00

1.1) Fazer campanhas para conquistar 500 associados por mês a partir de Novembro/10, com contribuições por 12 (doze) meses a partir de janeiro de 2011.
1.2) Contar com apoio da ACIB, HC Barretos, Entidades de Classe Profissionais, Os Independentes, empresários, torcedores etc.
1.3) O associado em dia terá acesso aos jogos e estará consumindo bebidas e alimentos, gerando renda no bar, além de no final do ano poder concorrer ao sorteio de uma moto ou um carro a ser definido de acordo com a arrecadação.
1.4) Além das rendas acima, outras virão com a venda de placas publicitárias, camisa, arrecadação de doações, shows etc.

2) Fazer programas de rádio ao vivo (uma semana das 20:00 às 22:00 horas) para inscrição de associados e arrecadação de contribuições via telefone.

3) Fazer programas de rádio ao vivo "Bar do BEC", almoços e quermesses com bingo etc. para inscrição de associados e arrecadação financeira para o BEC.

4) Apoio Emissoras de Rádio, Jornais e TV:
4.1) Espaço nos jornais para divulgar projetos, eventos e apoiadores);
4.2) Espaço na TV para incluir patrocinador com renda para o BEC;
4.3) Promover shows com +ou- 15 artistas que virão gratuito através das rádios com renda para o BEC. Os shows poderão ser no Berrantão ou no BEC.
4.4) Nesses eventos terá renda com a vendas de bebidas e alimentos em geral.

5) Apoio da imprensa em geral com divulgação nos programas de esportes das rádios, jornais e TV, para conquistar o limite mínimo de 1.500 associados.

6) Reformar sala de administração do BEC. Na entrada pela rua 22 criar espaço para uma boutique / venda de suvenirs personalizados (camisa oficial, camiseta gola pólo, camiseta comum, boné, chaveiro, caneta, adesivo etc).

7) Construir bar e banheiros na arquibancada coberta para atender público e a imprensa em geral.

8) Ampliar quadro de conselheiros. Exemplo: A cada 300 associados aumenta 20 conselheiros para maior representatividade.

9) No futuro construir alojamento atrás da arquibancada geral para implantar o futebol de base com verba do governo federal ou estadual.

10) Para tudo isso dar certo o Presidente da Diretoria Executiva tem que ter um perfil de liderança agregadora, porém com administração descentralizada, contando com quadro de diretores e outros colaboradores ativos com competências para assumir responsabilidades, trabalhando efetivamente em prol do BEC, sem ciúmes pessoais, vaidades etc.

Importante: Na reforma, denominar: "Sala de Administração e Galeria de Ex-Presidentes" "Sala da Presidência – Mário Carvalho Junior", para retratar agradecimentos ao que fez pelo BEC.

Observação: com esse projeto em prática será possível planejar o futuro da instituição Barretos Esporte Clube, inclusive, sanear suas dívidas de forma programada.

Esse projeto não está perfeitamente acabado, é uma idéia que dependerá do apoio e partificpação de muita gente e poderá ser melhorado, complementado etc, até porque tenho um lema: "Não existe nada tão perfeito que não possa ser melhorado".

"O projeto é uma grande força tarefa que deve envolver toda a cidade de Barretos, com trabalho no estilo operação formiguinha em que a união faz a força".

Autor do Projeto: Dr.José Maria dos Santos, advogado, Ex-Presidente e atual Conselheiro do BEC.


Divisão de tarefas para alcançar os objetivos no estilo trabalho formiguinha.
As poderosas da terra – o trabalho formiguinha:

Os formigueiros reproduzem a sociedade ideal: organizada, limpa e eficiente.
Num formigueiro existe total organização, sendo que as tarefas são bem divididas entre as formigas. A maioria das formigas em uma colônia é formada por fêmeas, reprodutoras (rainhas) e não reprodutoras (operárias). Essas últimas fazem o trabalho pesado: constroem o ninho, coletam comida e água, limpam, alimentam machos, larvas, e em alguns casos a rainha, e protegem o formigueiro. Em certas espécies, as soldados diferem-se das operárias comuns por terem partes do corpo maiores, principalmente cabeça e mandíbulas.

Resumo:
• Formigas Obreiras: cuidam da rainha, dos ovos, das larvas e de pupas.
• Formigas Cuidadoras da manutenção de ninhos: abrem e fecham as entradas dos ninhos, mantêm estruturas e passagens dentro da colônia.
• Formigas Patrulheiras: designam os caminhos destinados para o forrageamento.
• Formigas Forrageiras: seguem caminhos designados para elas, para acumular comida para a colônia.
• Formigas Trabalhadoras de Meio-dia: manejam o lixo, chamado de meio-dia, e que parece ter uma significante relação a como as formigas acham sua colônia.



Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet