Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

29/12/2009 - Mengo, Corinthians e So Paulo valem, cada um, mais de meio bilho de reais

No adianta perguntar para um torcedor o valor do seu clube. provvel que a resposta seja "no tem preo". Mas paixo e glrias tambm se medem por cifras. Um estudo da Crowe Horwath RCS, divulgado pelo jornal "O Estado de S. Paulo", aponta o potencial de mercado das principais marcas do futebol brasileiro. Ainda que longe das assustadoras cifras dos europeus, trs brasileiros se apresentam como grandes potncias.
Lderes em popularidade, Flamengo, Corinthians e So Paulo so os mais valiosos do Brasil. Cada um vale mais de meio bilho de reais, segundo a pesquisa. Os nmeros so significativos para o mercado interno - Flamengo e Corinthians valem, por exemplo, mais do que o somatrio de Atltico-MG, Botafogo, Fluminense, Vasco e Santos. Mas, em comparao com o cenrio internacional, o futebol brasileiro ainda deixa a desejar. O Manchester United, clube com a marca mais valiosa do mundo, cotado a R$ 3.204 bilhes.
O levantamento levou em considerao os 12 clubes de maior torcida e o nmero de ttulos de cada um deles entre 1971 (incio do Campeonato Brasileiro) e 2009. Os avaliados so os quatro grandes de So Paulo, os quatro do Rio, dois de Minas Gerais e os dois do Rio Grande do Sul.

De acordo com o estudo, a evoluo nas receitas dos clubes entre 2003 e 2008 foi de 115%. As que apresentaram maior crescimento foram a explorao do marketing e a venda de ingressos. Para chegar aos nmeros finais, foram usadas informaes como os dados financeiros, perfil e hbito dos torcedores, marketing e mercado nacional e local. O resultado baseado em marketing, estdio, scios e mdia.
Para o futuro, essa arrecadao pode ser ainda maior. Hoje, as marcas dos doze principais clubes valem R$ 1,9 bilho. Daqui a quatro anos, aps a Copa de 2014, o nmero pode chegar a R$ 3,4 bilhes.
J de olho no Mundial, o So Paulo espera manter, com seu estdio, a fora que o projeta hoje como o terceiro da lista. O Tricolor se aproxima dos lderes graas a uma evoluo de 234% em bilheteria e 93% em marketing.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet