Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

10/12/2009 - Lembra dele? Assis, o beque de Auriflama que virou goleador na Espanha

Por: Edwellington Villa, So Jose do Rio Preto
Na foto da capa o time do Linense: De p, a partir da esquerda: Claudinei, Curtis, China, Assis, Manguinha e Nilson; agachados: Maquininha (massagista), Nelsinho, Djalma, Tigrila, Edison S, Beu e o mascote Leonardo (filho do tcnico Rubinho)



Na foto da matria o time da Votuporanguense de 1988: Em p, da esquerda para a direita: Ben (preparador fsico), Mrcio Gugu, Assis, Dema, Bira, Chico e Cludio Craveiro(reprter); agachados: Volnei, Pedro Paulo, Paulinho, Jorge Luiz, Mrio Csar e Paranhos



Aliando fora e tcnica, Gelso Assis Jnior, de Auriflama, era um zagueiro viril, que quebrava um galho como volante e tornou-se goleador no futebol espanhol. Apesar de ter comeado a carreira tarde - tinha 19 anos quando foi descoberto pelo empresrio Reinaldo Lapo (ex-jogador do Fluminense e do Colo Colo do Chile) -, conseguiu se destacar nas categorias de base do Santos e do Corinthians, antes de ser profissionalizado. Levado por Lapo Vila Belmiro e ainda com o nome de Gelso, disputou pelo Peixe o Campeonato Paulista Sub-20 de 1984, atuando junto com os meias Paulo Leme e Mazinho, o zagueiro Maurcio e o lateral-esquerdo Biro Biro, campeo paulista de 1990 pelo Bragantino. O time era comandado pelo ex-jogador Del Vecchio. "Cheguei ao Santos na mesma poca em que o Reinaldo levou o volante Donizete para o Fluminense", recorda. Em 1985 foi emprestado ao Lenoense, integrante da Segunda Diviso e dirigido pelo tcnico Valter Ferreira. No segundo semestre acertou com o Corinthians para o Paulista Sub-20 e para a Copa So Paulo de Futebol Jnior de 1986 (leia texto ao lado). A partir da passou a utilizar o nome de Assis.

Aps a tradicional competio sub-20 realizada em janeiro, o Rio Preto, por intermdio dos diretores Fuad Elias e Rubens "Bibi" Lopes, conseguiu seu emprstimo por um ano junto ao Corinthians. "Eu tambm tinha propostas do Rio Negro de Manaus e do So Jos (de So Jos dos Campos), mas preferi vir para o Rio Preto e ficar mais prximo da minha famlia, em Auriflama", informa o jogador, que chegou com a responsabilidade de substituir Ronaldo, vendido ao So Paulo. Logo na estreia marcou o gol da vitria nos 2 a 1 sobre a Internacional de Bebedouro, no Riopreto, em jogo pela quarta rodada da Segunda Diviso. O Jacar no teve um bom desempenho no estadual, mas conquistou de forma invicta o ttulo do quadrangular "Benedito Teixeira", que tambm contou com Amrica, Novorizontino e XV de Ja. Aps a passagem pelo Rio Preto, Assis desvinculou-se do Corinthians e transferiu-se para o Linense. Montada pelo tcnico Rubinho, a equipe realizou excelente campanha e subiu da Segunda (atual A-3) para a Diviso Intermediria. Corinthians, de Presidente Prudente, Marlia e Vocem, de Assis, tambm conseguiram o acesso.

Em 1988, Assis disputou a Intermediria pela Votuporanguense, que contava com o zagueiro Mrcio Gugu, ex-Atltico-MG, o ponta-direita Volnei, que depois foi para a Ferroviria, entre outros. A equipe comeou sob a batuta de Acosta e depois foi dirigida por Silvio Accio Silveira e Marcos Guerra. No final do ano, Acosta o levou para disputar a segunda fase da Segundona pelo Tup. Ao trmino do campeonato, ficou 40 dias treinando no Guarani, mas no houve acordo financeiro para defender o clube campineiro. Depois de tanta peregrinao pelo interior de So Paulo, Reinaldo Lapo negociou Assis com o Vilob, da cidade de Vilob de Penedes, uma comunidade autnoma da Catalunha, de 1.071 habitantes, localizada na provncia de Barcelona, e integrante da Terceira Diviso da Espanha. "Fui contratado como centroavante", relembra. "Eu comecei minha carreira como zagueiro, mas atuei muitas vezes improvisado na cabea-de-rea e at como atacante, principalmente no Linense e na Votuporanguense", acrescenta. Assis no sentiu dificuldades de adaptao ao pas europeu, muito menos efetivao no ataque. "Me dei bem, tanto que marquei sete gols em oito partidas", informa. Estava se destacando, quando sofreu uma grave contuso no joelho direito na vitria sobre o Milan (no o italiano) por 3 a 1. A leso atrapalhou seus planos de ser transferido para um clube europeu de mais tradio. "Passei por duas cirurgias na Espanha e uma no Brasil", descreve. "Continuei sentindo dores e tive que encerrar a carreira precocemente."

Jogou a Copa SP pelo Corinthians
Assis disputou a 18 edio da Copa So Paulo de Futebol Jnior em 1986 pelo Corinthians, que contava tambm com o goleiro Ronaldo, os zagueiros Marcelo Djian e Pinella, o lateral-esquerdo Bezerra, o meia Marcos Roberto, o centroavante Noal, entre outros. No Grupo H da primeira fase, o Alvinegro derrotou o Paulista (1 a 0), o Figueirense (5 a 1) e o Vasco, que tinha os meias Joo Antnio, Bismark e William, o lateral-direito Antunes e o atacante Tiba, por 2 a 1. Nas oitavas-de-final, o Corinthians ganhou de 3 a 0 do Bahia na prorrogao, aps empate de 1 a 1 no tempo normal. No elenco do time baiano estavam o zagueiro Joo Marcelo, o centroavante Charles, os meias Z Carlos e Pricles Chamusca (que no foi brilhante como jogador, mas tornou-se um treinador de destaque e est no Oita, do Japo).

Favorito ao ttulo, o Corinthians foi surpreendido pelo Amrica, de Rio Preto, nas quartas-de-final, na tera-feira 21 de janeiro. Com um gol de Vagner Palamin, aos 16 minutos do primeiro tempo, o Rubro venceu por 1 a 0, mas na semifinal foi eliminado pelo Fluminense, que conquistou o ttulo ao superar a Ponte Preta na deciso. Aps encerrar a carreira prematuramente, aos 25 anos, por contuso, em 1990, Assis retornou para Auriflama. Mudou-se para Rio Preto, onde comprou um aougue. Vendeu o estabelecimento comercial e desde 1996 trabalha como corretor de imveis da Imobiliria Gurupi. Casado com Fernanda, ele pai de Guilherme, de 16 anos, e Jonathan, de 15.


FICHAS TCNICAS:




RIO PRETO - 2
Gilmar; Nilo, Edinho, Assis e Glber; Mrcio Nunes, Candinho e Carlos Neves; Ilton (Tigrila), Vital e Esquerdinha (Daniel). Tcnico: Silvio Accio (estreia).


INTER DE BEBEDOURO - 1
Airton (Gatinho); Arnaldo, Silvinho, Mrcio e Luciano; Zeti, Carlos Alberto e Jlio Csar; Jnior, Barbosa e Eduardo (Piu). Tcnico: Tlio Tangione Neto.

Gol: Ilton aos 7 minutos do primeiro tempo. Arnaldo aos 3 e Assis aos 27 minutos do segundo tempo. rbitro: Rubens Vera Fuzaro. Renda: Cz$ 16.845,00. Pblico: 1.051 pagantes e 280 menores. Local: estdio Riopreto, sbado noite, dia 26 de abril de 1986, pelo Campeonato Paulista da Segunda Diviso, na estreia de Assis no Jacar.
_______________________________________________________________________



LENOENSE - 1
Beto; Saulinho, Macal, Gelso Assis e Gilberto; Lourival, Eder e Edlson; Vanderlei (Gali), Cludio Abade e Z Antnio. Tcnico: Valter Ferreira.


NOROESTE - 0
Silvio Lus; Cal, Carlos Alberto, Jorge Fernandes e Ferreira; Z Roberto, Fen (Laerte) e Bira; Jorge Maravilha, Marcos Pato e Luisinho (Sinval). Tcnico: Z Rubens.

Gol: Cludio Abade aos 31 minutos do primeiro tempo. rbitro: Ivo Pereira de Castro. Renda: Cz$ 95 mil. Pblico: 1.178 torcedores. Local: estdio Archangelo Brega, em Lenis Paulista, em Assis, no dia 19 de maio de 1985, pelo Campeonato da Segunda Diviso, quando Assis defendeu o time de Lenis Paulista.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet