Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

13/11/2009 - O Brasil vai sediar a Copa de 2014, saiba mais alguns numeros sobre Copas

Desde a sua criação em 1904, a FIFA teve como a sua principal meta organizar um campeonato mundial de seleções. Já naquela época, participantes no faltariam, pois desde a sua criação oficial, em 1863, o futebol já era praticado em inúmeros países. Mas na pratica no seria nada fácil, pois as distâncias a serem vencidas eram enormes (na época não havia aviões, e viajar de um pais ao outro podia levar ate meses) e o clima político na Europa do começo do século não era exatamente o ideal para se realizar competições esportivas.

Por isso, em 1921, quando Jules Rimet assume a presidência da FIFA que o sonho começa a tomar forma, graças principalmente ao esforço pessoal do grande dirigente francês. Assim, em 1928, o Uruguai, que vivia a euforia da conquista do bicampeonato olímpico, se comprometeu a sediar o primeiro Campeonato Mundial de Futebol, a Copa do Mundo, que viria a ser realizada dois anos depois, em Montevidéu. Ficou também definido que a competição seria disputada de quatro em quatro anos, com a posse transitória do troféu de campeão: uma taça de ouro macio, que anos depois recebeu o nome do criador da "Coupe du Monde". Também definiu-se (por sugestão de Jules Rimet) que a posse definitiva do troféu fosse dada ao primeiro tricampeão mundial. Com isso, começava a história daquele que se tornou um dos dois maiores eventos esportivos do planeta, o ponto máximo do esporte mais popular do mundo.

Na verdade, poucos são os que tem a honra de participar de tal evento. De fato, ver a seleção de seu pai jogando na Copa já um sonho que move milhes de pessoas em todo o mundo, pois quando uma seleção entra em campo, no são apenas os onze, mas sim uma nação inteira. Perder uma Copa significa o fim de tudo, vencê-la a gloria eterna. Por isso os jogadores, aqueles onze que representam um povo inteiro, podem ser endeusados ou amaldiçoados para sempre em questão de instantes. a paixão pelo esporte que faz o mundo se reunir a cada quatro anos para realizar esta que é sem dúvida a grande festa do futebol mundial.

NMEROS E RECORDES DAS COPAS

- Total de jogos: 644
- Total de gols: 1.913
- Melhor média de gols: 5,38 na Sua em 1954
- Pior média de gols: 2,21 na Itália em 1990
- Maior goleada: Hungria 10 x El Salvador 1, em 1982 na Espanha.
- Maior número de gols em um s jogo: Áustria 7 x Sua 5, em 1954 na Sua.
- Seleção que mais marcou gols em uma s copa: Hungria, 27 gols em 1954.
- Maior ataque de todos os tempos: Brasil, 191 gols.
- Maior artilheiro de uma s copa: Just Fontaine da França, 13 gols em 1958.
- Jogador que mais marcou gols: Gerd Muller, Alemanha Ocidental, 14 gols em 1970 e 1974.
- Brasileiro que mais marcou gols: Pelé (1958 a 1970) e Ronaldo (1994 a 2002), 12 gols cada.
- Jogador mais vezes campeão: Pelé, em 1958, 1962 e 1970.
- Mais jovem campeão mundial: Pelé, 17 anos e oito meses em 1958.
- Técnico mais vezes campeão: Vittorio Pozzo da Itália, em 1934 e em 1938.
- Jogadores que mais disputaram copas: Antonio Carbajal, goleiro do México entre 1950 e 1966 e Lothar Mattheus, meia alemão entre 1982 e 1998.
- Jogador que mais jogou em copas: Mattheus (Alemanha) 25 jogos.
- Goleiros mais vazados: Carbajal (México) 25 gols em 12 jogos (de 1950 a 1966) e Al Deayea (Arbia Saudita) 25 gols em 10 jogos (de 1994 a 2002).
- Jogador mais velho a marcar um gol em copas: Roger Milla, de Camarões, aos 42 anos no jogo Camarões 1 x Rússia 6, em 1994
- Jogador que mais marcou em uma só partida: Oleg Salenko (Rssia 6 x Camares 1 em 1994), 5 gols no jogo.
- Tempo máximo de um goleiro sem levar gols em Copas: Zenga (Itlia), 517 minutos invicto em 1990.
- Seleção mais vezes vice-campeã: Alemanha, 4 vezes vice-campeã.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet