Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

Warning: getimagesize(controle/arquivos/noticias/fce2ebadcd5e01fd2618b1d1bbc112a2.jpg): failed to open stream: No such file or directory in /home/futebolbarretos/www/ver_noticia.php on line 23

20/02/2009 - Felipão aponta seus traidores no Chelsea

Dias após o zagueiro Terry revelar que havia um racha no elenco do Chelsea, vem à tona mais uma história que pode confirmar o fato. Segundo o tablóide britânico "The Sun", o ex-técnico do time Luiz Felipe Scolari disse a um amigo que três jogadores o traíram: o goleiro Cech, o apoiador Ballack e o atacante Drogba, que seriam os responsáveis por sua demissão.

- Ballack, Cech e Drogba se tornaram meus inimigos. Eles têm uma linha direta com Abramovich (dono do clube) - teria afirmado Felipão.

O técnico brasileiro também deixou claro em entrevista à revista "France Football" que ficou insatisfeito com o fracasso do Chelsea nas negociações por Robinho, pois considerava o atacante um reforço muito importante para o clube de Londres. O jogador acabou negociado pelo Real Madrid com o Manchester City por 32 milhões de libras (R$ 103 milhões), algo que o Chelsea se negou a pagar.

- No Chelsea, não temos um jogador que possa fazer a diferença e realizar algo mágico em campo. Robinho teria sido esse jogador. Ele não tem medo de driblar e se arriscar. Como brasileiro, gosto disso - disse.

Felipão ainda lembrou que na janela de transferências de verão na Europa, o Chelsea perdeu o holandês Robben para o Real Madrid. Um jogador que o treinador considerava ter condições de fazer a diferença na equipe londrina.

Sobre a polêmica envolvendo os atacantes Drogba e Anelka, em que somente um dos dois atuava na equipe titular, Felipão deixou claro que em seu esquema era muito difícil atuar com dois jogadores de área. Faltaria alguém para cair pelos lados do campo.

Entre Drogba e Anelka, o francês acabou ganhando mais chances com Felipão. O treinador afirmou que Drogba não tinha muita confiança para jogar, pois tinha sofrido algumas lesões graves.

Felipão foi demitido na última segunda-feira por conta dos maus resultados recentes no Campeonato Inglês. Técnico da Rússia e amigo de Roman Abramovich, o holandês Guus Hiddink vai treinar os Blues até o fim desta temporada.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2022 - Desenvolvido pela Williarts Internet