Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

28/01/2009 - Virou moda: Presidente do Olimpia renuncia na semana da estréia

Alegando os mesmos problemas que todo diretor alega (problemas de saúde) Reginaldo Lourenço Breda renunciou ao cargo de presidente do Olímpia, a poucos dias da estreia do clube no Campeonato Paulista da Série A3.
Breda que é descendente da mulher que da nome ao estádio (foto), reside em Rio Claro, distante cerca de 260 quilômetros de Olímpia, e alegou que vinha encontrando dificuldades para viajar.
Outras informações dão conta que ele teria sido convidado para assumir o cargo de secretário de Esporte de Rio Claro. O vice João Marcondeli assume o comando interinamente, e sua permanência não está garantida.
Este é a terceira vez consecutiva que um presidente do clube renuncia ao cargo. Em junho de 2004, Francisco Correira, o "Chicão", renunciou, sendo substituído por Aldo Putini Filho, que também deixou o cargo meses depois. O vice Luís Fernando Bernardes assumiu e renunciou em junho de 2005. Dimas Leonel Serrano, presidente do Conselho Deliberativo administrou o clube até dezembro do mesmo ano.
Conselheiro assegura participação
Apesar da turbulência na semana de estreia do Olímpia na Série A3, o conselheiro Roberto Galvão, o Pelé, garante que o imbróglio não irá afetar a participação da equipe no estadual. Mesmo com dificuldades, o clube não terá alteração alguma na sua programação original.

"Na verdade, continuamos com as mesmas necessidades, ou seja, precisamos da colaboração do torcedor na aquisição do carnê para assistir aos 10 jogos do time no estádio Teresa Breda. Está receita certa é muito importante para nós", explicou o conselheiro.

O Olímpia estreia na Série A3 neste domingo, contra o Campinas, fora de casa.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2020 - Desenvolvido pela Williarts Internet