Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

11/05/2015 - Confira a entrevista do Capitão do BEC Babi ao Site da LBF!!!

Confira na integra a Entrevista do Capitão Babi para o Site da LBF.


Site LBF: Sua contratação para essa temporada foi festejada pela maioria dos torcedores, seu nome já está marcado na história do Bec e pode ficar ainda mais após outro acesso, o Barretos é um time especial para você?

Babi: Sem dúvidas o Barretos é um time especial pra mim.


Site LBF: Você começou a temporada titular da equipe, perdeu lugar já no segundo jogo, chegou a ficar fora dos relacionados em alguns jogos, voltando a jogar somente após a chegada do Douglas, como foi esse período fora da equipe?

Babi: O período sem jogar foi um dos piores, porque eu sabia que estava no mesmo nivel dos outros, mas fui culpado pelo empate na primeira partida.


Site LBF: O Douglas é o 4º técnico do Barretos no campeonato, o time vinha em decadência no campeonato, na sua visão qual a principal contribuição do Douglas para o Time voltar a render dentro de campo?

Babi: O Douglas ajudou a recuperarmos nossa alegria e nosso animo, entendendo a nossa maneira de jogar, e isso foi o principal.


Site LBF: O Barretos talvez foi o time que mais teve problemas entre os classificados, entre eles discussões entre jogadores, ônibus quebrado na rodovia, troca de treinadores, e até erros de arbitragem grotescos, você acha que por ter passado todos esses problemas, hoje o time está maduro e pronto para o acesso?

Babi: Sem dúvidas, o time que passa o que passamos e ainda está de pé, é porque aprendemos bastante com nossos erros e sem dúvidas estamos preparados para esse novo acesso.


Site LBF: Além de ser um zagueiro firme e líder dentro de campo, você tem a qualidade nos arremessos laterais, quando percebeu que tinha essa vantagem nos arremessos, e você continua treinando arremessos diariamente?

Babi: Sobre os arremessos comecei desde a base na Matonense em 2000. Os arremessos tiveram um destaque em 2006 no Penapolense e eu jamais treinei ou treino para ter essa dádiva nos braços.


Site LBF: Toda vez que sai lateral para o Barretos, os torcedores comentam "É escanteio para o Bec" você consegue escutar torcedores durante o jogo?

Babi: As vezes escuto sim, mas muito pouco porque o nível de concentração é muito alto e só foco dentro da partida.


Site LBF: Falando sobre a torcida, o apelido de "Caldeirão Caipira" que o Estádio Fortaleza tem, realmente faz a diferença? Pq?

Babi: O Estádio faz a diferença sim, porque sempre é muito quente aqui em Barretos mesmo com chuva, e a nossa torcida faz a diferença porque ela não para um segundo.


Site LBF: Hoje você é um dos principais jogadores do Barretos, assim como foi no ano passado no acesso do Bec para A3, ainda é cedo, mas podemos ter Babi jogando a série A2 pelo Touro no ano que vem?

Babi: Só depende da nossa Diretoria para isso acontecer.


Site LBF: Qual sua expectativa sobre a lotação do Estádio nesta Quinta Feira contra o Taubaté?
Babi: Eu gostaría de ver o Estádio cheio, nunca tive esse prazer e essa é minha expectativa para Quinta Feira.


Site LBF: Obrigado Babi pela atenção com o Site da LBF e com todos torcedores do Touro do Vale. Boa Sorte nesta Quinta Feira e deixe uma mensagem para todos torcedores do BEC que estão ansiosos para esse jogão que com certeza vai ser o do acesso.

Babi: Torcida do Barretos, compareça nesta Quinta Feira para nos dar uma força para que possamos com fé em Deus e muita força nele alcançar esse acesso que nos pertence perante a misericórdia de Deus e possamos dar essa alegria para galera da cidade que vocês merecem e nos apoiaram todos esses momentos.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2020 - Desenvolvido pela Williarts Internet