Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

Warning: getimagesize(controle/arquivos/noticias/ef76f32cfedbcfa1c3f3f81a5ce41e49.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/futebolbarretos/www/ver_noticia.php on line 17

06/09/2011 - Segundona: Saiba como foi a primeira vitória do adversário do Touro nesta fase

Estreando na terceira fase do campeonato paulista da 2ª Divisão, o Fernandópolis Futebol Clube venceu o Desportivo Brasil, de Porto Feliz, por 2x0.
Não foi um jogo fácil. O time de Porto Feliz, um clube-empresa de propriedade de J.Háwila, possui um elenco formado por jogadores habilidosos, que dominaram o meio-campo na primeira etapa. Caíque, de volta à equipe, era frequentemente envolvido pelas ações de Bruno Silva e Toledo, os meias de ligação do Desportivo.
O Fefecê só criou a primeira boa situaçã de ataque aos 19 minutos, num cruzamento de Michel em que João Paulo passou da linha da bola. O Desportivo respondeu aos 24, quando o zagueiro Novinho perdeu o gol após cobrança de escanteio. Para complicar, o lateral direito Boto sentiu um estiramento e teve que dar lugar a Marcelinho Lanza, ainda aos 38 minutos.
Somente no final do primeiro tempo o Fefecê criou algumas boas jogadas, especialmente numa cabeçada de João Paulo que obrigou o goleiro Junior a fazer uma grande defesa.
No intervalo, o técnico China reagrupou o time e mandou Jackson marcar individualmente Bruno Silva. Enquanto isso, o futebol de Ailton começava a aparecer.
Aos 14 minutos, China substituiu Tiziu, que estava mal na partida, pelo atacante Thales. Quatro minutos depois, aconteceu o lance decisivo da partida: em jogada pela direita, Ailton fez um lançamento perfeito para João Paulo, frente à frente com Junior. O centroavante não desperdiçou: 1x0.
Inferiorizado no placar, não restou outra alternativa ao desportivo senão sair para o ataque. Isso abriu espaço aos contra-ataques do Fefecê, partindo dos lançamentos de Ailton. O resultado só não foi imediato porque os três zagueiros do Desportivo faziam a linha de impedimento com perfeição, deixando Itamar e João Paulo em posição irregular.
Aos 22, Thales perdeu o gol mais feito do jogo, depois de jogada de Itamar. Porém, aos 26, após novo passe de Ailton, João Paulo invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Junior. Pênalti que o próprio João Paulo bateu com categoria, deslocando Junior e tocando no canto esquerdo.
Com 2x0 no placar, o Fernandópolis tratou de melhorar a marcação pelo setor esquerdo de sua defesa, onde Cafu e Eusébio infernizavam a vida de Michel. Enquanto isso, o meio de campo enfiava seguidas bolas para a correria de Itamar. Numa delas, aos 42, o atacante invadiu a área, cortou o lateral e, em vez de rolar a bola para o desmarcado Thales, preferiu o arremate. A bola foi para fora.
No final da partida, China explicou que a entrada de Thales tinha por objetivo buscar a vitória a qualquer custo: "Precisávamos garantir os três pontos em casa, hoje o empate é mau resultado no futebol", justificou.
No outro jogo do Grupo 14, Guaçuano e Barretos empataram em 1x1, o que coloca o Fefecê na liderança.
FICHA TÉCNICA: Fefecê: Stivi; Boto (Marcelinho Lanza) Edmar, Allison e Michel; Caíque, Jackson, Ailton e Tiziu (Thales); João Paulo (Augusto) e Itamar.

Técnico: China.

Desportivo Brasil:
Junior; Eusébio (Gabriel), Novinho, Hélio e Diego Teodoro; Diego Santos, Adriel, Bruno Silva (Marlon) e Toledo (Diego Choque); Oliveira e Cafu.
Técnico: André Prodes.
Árbitro: Claudinei Forati Silva.
Local: Estádio "Cláudio Rodante", em Fernandópolis.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2018 - Desenvolvido pela Williarts Internet