Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

22/08/2011 - Brasil vence Portugal e fica com o titulo do Mundial sub/20

Neste sábado, a seleção brasileira sub-20 conquistou o pentacampeonato mundial da categoria. A competição foi disputada na Colômbia, e os meninos brasileiros, mais uma vez, enfrentaram um duro adversário para chegar ao título. Depois de passarem por Espanha e México, o Brasil tinha Portugal pela frente, seleção que aliás não havia sofrido nenhum gol até o momento na competição. Melhor ataque contra a melhor defesa. Promessa de um grande jogo, o que acabou se confirmando dentro das quatro linhas. E a seleção brasileira logo conseguiu furar a forte defesa portuguesa. Aos cinco minutos, Oscar cruzou bola na área, a bola desviou no defensor português e entrou. Porém, a alegria brasileira durou pouco. Aos nove minutos, em jogada pela linha de fundo, Alex aproveitou cruzamento, se antecipou a marcação canarinha e igualou o placar. Depois de um começo alucinante, a partida caiu um pouco de velocidade, e qualidade técnica não era muito boa. As duas equipes tentavam chegar, mas encontravam poucos espaços. E o placar ficou no empate ao término do primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, o técnico Ney Franco repetiu o que já havia feito contra o México nas semifinais. Sacou William José e colocou Negueba, além de Allan na vaga de Gabriel Silva. Assim, Casemiro foi recuado para a função de terceiro zagueiro, Juan foi fazer a lateral-esquerda e Allan o lado direito, deslocando Danilo para o meio. Porém, diferentemente da última partida, as mudanças não surtiram o efeito esperado, e o Brasil seguia com dificuldades para chegar a frente. Pior: acabou levando a virada em um contra-ataque, em uma falha infantil da defesa e do goleiro Gabriel, que viu Nelson Oliveira escapar pela direita e, quase sem nenhum ângulo, bater rasteiro e virar o marcador para os portugueses. Após o gol, Ney Fracno sacou o apagadíssimo Phillipe Coutinho e colocou o amuleto Dudu na partida. A partir daí, Portugal se fechou, e a seleção brasileira tentava de todas as formas chegar ao empate, principalmente pelos lados de campo. E foi o talismã brasileiro que mais uma vez decidiu. Aos 33 minutos, Dudu rodou pra cima da marcação portuguesa e cruzou. O goleirão rebateu para dentro da área, e Oscar deu uma de centroavante e empatou o jogo. 2 a 2 e mais uma vez a prorrogação no caminho brasileiro na competição.

No tempo extra, o jogo se abriu. O Brasil atacava, mas também sofria com as investidas portuguesas. A partida seguiu aberta. Gabriel se agigantou na frente dos atacantes adversários, e os jogadores de linha brasileiros também buscavam o gol. Porém, o iluminado da noite era Oscar. No segundo tempo da prorrogação, o meia foi tentar cruzar bola, buscando Henrique na área, mas acabou encobrindo o goleiro português Mika e marcando o gol do título do Brasil. Portugal tentou pressionar no fim, mas o título ficou mesmo nas mãos dos meninos brasileiros. Com todos os méritos, a seleção brasileira conquista o pentacampeonato mundial sub-20, e reascende a esperança do torcedor brasileiro sobre a tão necessária renovação, visando a seleção principal. Ney Franco com certeza é um dos grandes responsáveis por esta conquista. Montou um elenco com muita qualidade, que não possuía apenas um time com 11 jogadores, mas também ótimas peças no banco de reservas. O técnico também não exitou quando viu que a equipe não estava bem, mudou várias vezes o estilo de jogo da seleção e foi premiado pela ousadia. Parabéns também para o resto da comissão técnica brasileira, que também tem parcela nesta conquista.

O grupo de jogadores brasileiros mostraram muita frieza e experiência nos momentos decisivos da competição, apesar da pouca idade de todos. Principalmente no jogo contra a Espanha, vencido nos pênaltis, a seleção soube lidar com a pressão e, com categoria, enfrentou as dificuldades e venceu. Alguns jogadores se destacaram mais do que outros (como Dudu, Henrique, Oscar e Negueba), mas a grande força desta seleção foi todo o grupo de jogadores, sem nenhuma exceção. Como uma seleção brasileira deve ser. Então, fica de lição estes princípios. A nossa seleção principal ainda não conseguiu formar um grupo fechado de jogadores, coisa que aina é considerado normal. Mas esperamos que o Brasil principal consiga se espelhar neste sub-20, que agora, assim como a principal, possui cinco títulos mundiais. E, quem sabe, esta seleção tenha ainda muito sucesso. O próximo desafio será os Jogos Olímpico do ano que vem, em Londres, onde provavelmente alguns dos jogadores que conquistaram este mundial vão estar presentes, para quem sabe, daqui a três anos, aqui mesmo no Brasil, estarem disputando a Copa do Mundo, tentando mais uma conquista de expressão mundial. Parabéns aos meninos brasileiros.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2019 - Desenvolvido pela Williarts Internet