Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

16/08/2011 - Varzeano de Sorocaba: Vila Helena vence a segunda e sagra-se bicampeão

"A gente sofreu muito depois de três vices, mas aprendemos a lição e os caminhos das pedras para nunca mais sair dele. Todos estão de parabéns!". As palavras emocionadas do técnico da Associaçao Atletica Vila Helena/Treviso Supermercados/Assistencia Contabil Real, Pezão, expressam a maturidade que chegou essa equipe do futebol amador de Sorocaba hoje.
O bi varzeano conquistado no Estádio Walter Ribeiro, numa acirrada vitória por 1 a 0 contra o forte time do Esporte Clube Paranazinho, comandado pelo técnico José Luiz, foi prova deste amadurecimento do Vila. Segundo o técnico Pezão, um time que tem além do elenco, diretoria coesa, e trabalhalho planejado, outra vantagem enorme. É uma equipe empurrada por "Um bando do loucos pelo Vila", que apoiou o time do primeiro ao último minuto neste torneio, e comemorando justamente, com o gol de Maldonado de penal, a segunda vitória (já tinha ganho o primeiro jogo por 1 a 0), que levou o time do presidente Zeca, ao segundo campeonato. A diretoria do Paranazinho também está de parabéns pelo grande time e projeto desenvolvido em 2011. O time apenas não marcou os gols que se esperava nas finais mas ficou a grande campanha.

Regulamento na mão
No primeiro tempo o Vila Helena jogou com o regulamento debaixo do braço. Se fechou atrás com uma linha de três zagueiros, um meio de campo marcando forte e saindo nos contra-ataques com Paulinho e Adrianinho. O Paranazinho precisava vencer por dois gols para ser campeão e por um gol para levar a decisão aos penais. Por isso José Luiz escalou o time na frente com Budi, Alex, que deverá jogar no Salgueiro-PE, Naldinho e Caio, abastecidos por Anderson Bolacha e Grando.
Por tudo isso, se viu no primeiro tempo um Paranazinho forçando o ataque a todo custo. Aos dez Budi mandou e a bola triscou a trave. O Vila respondeu com Adrianinho aos doze e dezesseis. Apesar da pressão, faltava ao Paranazinho chutar mais a gol. Aos 35 minutos num contra-ataque quase Maldonado,ex-Atlético Sorocaba, quase marca.


O gol do Vila
Aos 47 minutos, Adrianinho tentou boa jogada e acabou derrubado por Buií e o arbitro Eduardo Biruel, que teve um bom trabalho, deu penal para o Vila Helena. Na cobrança, Maldonado bateu sem chances para o goleiro Raoni, 1 a 0 e era o gol que o Vila precisava para dar ainda mais traquilidade na tensa decisão e uma "ducha de agua fria" no Paranazinho.

Nervosismo
No segundo tempo o jogo foi marcado pelo nervosismo e o Paranazinho se lançou com tudo para o ataque precisando agora de dois gols para provocar os penais. Aos cinco minutos Budi quase empatou. Aos nove, Paulinho chegou a fazer 2 a 0 mas foi pilhado em impedimento e o gol anulado. O jogo ficou ríspido com várias entradas fortes de lado a lado. Até que aos 20 minutos Ricardinho, do Vila Helena foi expulso. Era a chance que o Paranazinho queria, um time com dez para tentar tirar a vantagem. Aos 29 minutos Budi tabelou com Grando e saiu na cara de Luiz Henrique mas mandou por cima. E desperdiçando chances como essa o Paranazinho viu o tempo escoar e o gol não sair. Teve tempo ainda de Paulo Nunes, do Vila ser expulso no final, mas não deu tempo para mais nada e o Vila Helena comemorou muito junto com sua torcida seu segundo título varzeano da história em Sorocaba!

Times

O Vila Helena foi campeão com Luiz Henrique; Adriano, Daniel e Maldonado; Rodrigues, Diogo Pires, Ricardinho, Paulo Nunes e Diogo; Paulinho e Adrianinho, depois Lima, Pezão, Braz e ainda no elenco, Cesinha, Bruno e Bertim. Técnico: Pezão.

Paranazinho: Raoni; Jean, Sandro, Buiú e Guina; Grando, Anderson Bolacha, Naldinho e Caio; Alex e Budi, depois Murilo, Torrão, Paulinho Kobaiashi e André, alem de Carlos, Marco Aurelio, Negão, Danilo, Luan e Paulo. Técnico: José Luiz

Arbitragem: Eduardo Biruel, Garcia, Everton e os anotadores Decio Demarchi e Tadeu.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2018 - Desenvolvido pela Williarts Internet