Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

Warning: getimagesize(controle/arquivos/noticias/e50ec8a561a787b02fc7dc2c249d9c00.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/futebolbarretos/www/ver_noticia.php on line 17

29/09/2010 - Lembra dele? Tatinho, o ponta explosivo dos anos 70

Por: Edwellington Villa, São Jose do Rio Preto
Na foto: Seleção Paulista campeã na Coréia: Sérgio Bergantin, Mauro Pastor, Nleson Prandi, Ademir, Carlos Beronha e Paulinho
Tatinho, Wilson Carrasco, Wilson Luiz, Gatãozinho e Nascimento



O ponta direita Tatinho revelado pelo técnico Crisnamurt Teixeira,o Murtão, do Universal FC da Vila Xavier, de Araraquara, brilhou com a camisa sete da Ferroviária, naqueles conturbados anos 70.

Do Universal, da Vila, ele foi para o Comercial FC, do Carmo, do Arani e Paulo André, que tinha o volante Lola como destaque e rival, o São Paulinho, do Pinguinha.

O talento do menino franzino, rápido, habilidoso, briguento chamou a atenção dos diretores do Sporting Benfica Araraquara: professor Senapesche e Álvaro Fleuri Fina. No clube do bairro do Carmo, Tatinho foi campeão amador de 1.972. "Foi um dos melhores times da história do campeonato amador", lembra Tatinho.

O onze, do Benfica, campeão: Tatalo; Rui, Hélio Primiano, Nardinho Cruz e Dorinha; Coca, Ivan Borghe e Denis; Tatinho, Tite e Baiano. Técnico: Pança

Djalma Picolim, técnico e olheiro da Ferroviária, que tantos talentos descobriu, não se enganou ao levar Tatinho para o amador grená.

Campeão amador em 1975, sob o comando do técnico Bazani, Tatinho foi lançado no profissional em 1976 pelo técnico Vicente Arenari.

Uma grande atuação contra o Corinthians em 1977 marcou sua carreira. Cláudio Mineiro, lateral esquerdo, do Timão, levou dribles desconcertantes do ponta afeano.

Tatinho atuou na seleção Brasileira Pré-Olímpica com Edinho, Júnior, Cláudio Adão, Rosemiro, Mendonça em 1977. Nesse mesmo ano defendeu a Seleção Paulista, com Sérgio Bergantin, Wilson Carrasco, Carlos, sagrando-se campeão na Coreia.

O temperamento o explosivo atrapalhou a carreira e Tatinho, mesmo sendo cobiçado por grandes clubes, precocemente parou com o futebol profissional aos 23 anos.

Operário da Villares, atual IESA, Tatinho, sempre radicado em Araraquara, ao lado da esposa e dos filhos segue sua rotina com o orgulho do dever cumprido e rodeado de amigos.

O ex-ponta da Ferroviária continua em forma batendo bola nos campeonatos de veteranos de Araraquara.



97 Jogos com o manto grená

Eleziel Natanael Placedes, o Tatinho, realizou 97 jogos pela Ferroviária de 1974 a 1977. Marcou 7 gols. Conquistou 29 vitórias e 28 empates. Época difícil: 37 derrotas. (Pesquisa do doutor Marcelo Cirino)

Ficha Técnica

Ferroviária 1 x 0 Portuguesa Desportos

Primeira Divisão – 27/junho/1976

Fonte Luminosa – Juiz: Acácio Slveira

Gol: Tite

Ferroviária: Sérgio Bergantin; Marinho, Mauro Pastor, Sérgio Miranda e Samuel; Carlos Beronha, Wilson Carrasco e Ademir; Tatinho (Izildo), Tite (Laerte) e Zé Roberto. Técnico Vail Mota



Portuguesa: Miguel; Cardoso, Mendes, Calegari e Isidoro; Badeco, Lucas e Dica (Antonio Carlos); Xaxá, Rui Rei e Esquerdinha. Técnico: Oto Glória







Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2019 - Desenvolvido pela Williarts Internet