Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

13/08/2010 - Maracanã vira palco de disputa de ex-jogadores e cartolas por votos

Na foto o ex-atacante Nunes, que não se faz de rogado e coloca em seu "santinho" Nunes do Flamengo



Com vasta maioria vascaína, o Maracanã vive um clima de relativa tranqüilidade entre as torcidas, isoladas pelo policiamento, e acirrada disputa política. Candidatos a deputado não se acanham em usar os clubes que jogam neste domingo no estádio, com cartazes espalhados em todas as entradas e panfletos distribuídos para ambas as torcidas.

No lado vascaíno, os próprios dirigentes estampam os cartazes. O presidente do clube de São Januário, Roberto Dinamite, candidato a reeleição como deputado estadual pelo PMDB, espalhou cabos eleitorais desde a rampa do metrô, principal acesso dos torcedores do Vasco. Também faz campanha o vice de finanças do Vasco, Nelson Rocha, para deputado federal pelo PSB. Nos cartazes, coloca a frase: "O engenheiro das finanças vascaínas".

Enquanto carros com som alto no ritmo de funk circulam o estádio, outro ex-jogador faz propaganda nas proximidade da estátua do Bellini, principal acesso dos flamenguistas, para tentar uma vaga na Câmara. Nunes, atacante rubro-negro campeão mundial pelo clube, não hesita em se divulgar como "Nunes do Flamengo" pelo PR. Outro ex-atleta da década de 80, Adílio também concorre a deputado estadual pelo PTC.

Por outro lado, pelo menos um dos candidatos boleiros resolveu ignorar as cores dos clubes cariocas. Preferiu as da seleção brasileira. Romário, tetracampeão e ex-jogador de Flamengo e Vasco, teve seus santinhos da campanha para deputado federal pelo PSB distribuídos sem barreiras no Maracanã. Com uma foto do craque de camisa verde e amarela, o santinho não deixou de lado a irreverência: "Ele é o cara!", diz o panfleto.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2019 - Desenvolvido pela Williarts Internet