Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

17/06/2010 - Os Grandes Craques sem Copa do Mundo

De José Renato Sátiro Santiago Jr.

O grande momento de qualquer jogador de futebol é a participação numa Copa do Mundo.

Todos voltam os olhos para o grande espetáculo.

A minoria dos jogadores consegue alcançar este sonho.

O mais cruel, no entanto ocorre quando atletas de alto nível não conseguem este feito.

Como se fosse um "Castigo dos Deuses".

Ao ler a revista espanhola Fútbol Life, pude ter acesso a uma interessante reportagem sobre o tema. Eis uma lista de jogadores maravilhosos que não conseguiram realizar este sonho.

•José Manuel Moreno: jogador argentino de ‘La Maquina’, uma das maiores equipes da história do River Plate, na década de 1940, perdeu a oportunidade de participar das copas de 1938, 1950 e 1954;
•Arsenio Erico: jogador paraguaio que é o maior goleador da história do campeonato argentino. Não participou da edição de 1938, uma vez que o Paraguai não conseguiu a vaga. Já em 1950, quando o Paraguai participou da Copa, Erico já havia se aposentado;
•George Best: um dos maiores jogadores britânicos de todos os tempos, não conseguiu participar de uma copa com a Seleção de seu país, a Irlanda do Norte. Na Copa de 1982, estava com 36 anos e fora de forma, o que impediu sua ida para a Espanha;
•Eric Cantona: grande craque francês, ídolo no futebol inglês, fracassou nas eliminatórias, com a sua seleção, para as copas de 1990 e 1994. Em 1998 já tinha se aposentado;
•George Weah: maior jogador do Mundo em 1995, nascido na Libéria, a seleção de seu país nunca teve grande tradição no futebol e jamais participou de uma edição de Copa do Mundo;
•Jari Litmanen: uma das maiores estrelas da grande equipe holandesa do Ajax, Litmanen chegou a ser convidado a participar da seleção holandesa, no entanto, decidiu jogar pela seleção de seu país, a Finlândia;
•Ryan Giggs: a seleção de seu país, o País de Gales, só participou de uma Copa do Mundo, em 1958. Fracassou nas várias tentativas que teve com sua seleção em 1998, 2002 e 2006;
•Jimmy Johnstone: foi um dos maiores jogadores da equipe do Celtic de Glasgow, no entanto devido a um problema disciplinar, foi impedido de participar da Copa de 1974;
•Alfredo Di Stefáno (foto): um dos maiores jogadores de todos os tempos estava lesionado quando a seleção espanhola participou da Copa de 1962;
•Ladislao Kubala: grande jogador húngaro que fez parte da seleção de três países, Hungria, Tchecoslováquia e Espanha, sem ter sucesso para classificar às Copas de 1954 e 1958;
•Matthew Le Tissier: jogador que teve grande destaque na década passada, fracassou ao tentar classificar a Seleção Inglesa para a Copa de 1994 e em 1998 foi preterido pelo técnico Glen Hoddle;
•Valentino Mazzola: grande jogador italiano da década de 1940 fazia parte da equipe do Torino que sofreu um acidente aéreo, nas vésperas para a Copa de 1950. Mazzola faleceu no acidente.
Já no Brasil, estas injustiças também já ocorreram. Baseado no que já li e assisti, cito uma:

•Heleno de Freitas: um dos maiores craques da década de 1940, foi o maior ídolo do Botafogo antes do surgimento de Garrinha, mesmo não tendo conquistado um título pela equipe carioca. Seu futebol impressionou platéias de todas as partes do mundo.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2018 - Desenvolvido pela Williarts Internet