Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

15/03/2010 - Causos do Futebol: Juiz pede anulao de jogo por erro de direito

Voc sabia que antigamente o juiz podia solicitar a anulao de um jogo de futebol se ele reconhecesse um erro de direito ?

Pois . Isso aconteceu no futebol alagoano em 1956. Numa peleja em que o arbitro foi Cludio Rgis ele teve a coragem de reconhecer seu erro, e atravs de carta, solicitou a anulao da partida. Aqui est a carta na ntegra, Alis, coisa que no poderia acontecer nos dias de hoje.

Macei, 03 de maro de 1956

Ilmo. Sr. Major Kleber Rodrigues
D.D. Presidente da FAD
Nesta

Prezado Senhor,


Assunto: Pedido de anulao de jogo.

Venho pela presente, solicitar de V. Sa. encaminhar pelos canais competentes, este meu pedido de anulao do jogo FERROVIARIO x AUTO ESPORTE, realizado no dia 1 do corrente pelo fato de, o gol que deu a vitria ao Ferrovirio por 3x2, fora produto de um "erro de direito" do juiz do citado encontro de futebol e que a esta subscreve.

Como para todo mal existe um remdio, e segundo o conceito de que "errar humano e reconhecer o erro uma virtude", tomei esta deliberao a qual espero seja reconhecida pelos poderes dessa Federao, porquanto o gol valido (3 do Ferrovirio) trouxe real prejuzo para o Auto Esporte, culminando com a derrota de suas aes. Seguindo, desse modo, a minha linha de conduta, e no me movendo o intuito de prejudicar quem quer que seja, aguardo confiante a confirmao desse pedido, por ser um ato de JUSTIA, contra o qual no se deve rebelar o nico beneficiado o FERROVIARIO porquanto, estou certo de que sua diretoria formada por homens de bens reconhecero este meu ato.

Atenciosamente,
Cludio Rgis

O erro de direito reconhecido pelo arbitro Cludio Rgis foi o seguinte
- O gol da vitria do Ferrovirio foi conquistado aos 45 minutos do segundo tempo. O juiz, Cludio Rgis, apitou antes da bola entrar no gol ao Auto Esporte. Na hora ele marcou o gol, mas depois reconheceu seu erro. O TJD anulou o jogo.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2021 - Desenvolvido pela Williarts Internet