Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

12/03/2010 - Histrias do Futebol: A inaugurao do maracan

Depois do jogo entre cariocas e paulistas, Carlayle autografa a bola do jogo ao lado de Didi, o autor do nico gol dos cariocas, o primeiro no maracan.

O Rio de Janeiro viveu um dia de glria. A torcida carioca deu provas do seu entusiasmo pelo futebol comparecendo em massa para a inaugurao do maior estdio do mundo. Assim, contribuiu para que fosse estabelecido um recorde de publico em qualquer poca. Foi desta forma que o povo mostrou seu agradecimento a aqueles que idealizaram e construram um majestoso estdio que recebeu o nome do prefeito do Rio de Janeiro, General ngelo Mendes de Moraes.

Ao povo no foi entregue apenas um monumental estdio para o desportista brasileiro. O programa organizado foi magnfico e se juntava as emoes de ver o gigante completamente lotado vibrando na sua primeira tarde. A revoada dos pombos, o coro orfenico das escolas, as Bandas de Musicas, o desfile das representaes de clubes e entidades, at que todos, de p, assistiram a cerimnia de hasteamento do Pavilho Nacional. Tudo fazia parte de uma tarde certamente gloriosa.

O fecho da festa foi o jogo entre as selees de novos do Rio e de So Paulo. Era o primeiro jogo no maracan e acontecia no dia 16 de junho de 1950. Os paulistas demonstraram melhor entrosamento e condicionamento fsico. Tinham uma linha mdia eficiente e um ataque habilidoso. Os cariocas se resguardaram na defesa e assim permaneceram ao longo do primeiro tempo. Mesmo jogando na defesa foi Didi quem abriu a contagem para o Rio de Janeiro. O jovem Didi assinalou o primeiro gol no estdio do maracan. Jogando melhor, os paulistas empataram no final no primeiro tempo atravs de Augusto. Na segunda etapa do jogo, os paulistas continuaram melhores e marcaram mais dois gols atravs de Ponce de Leon e Augusto. A vitria foi um prmio ao bom desempenho dos bandeirantes. Dois rbitros apitaram o primeiro jogo no maracan. No primeiro tempo, Alberto da Gama Malcher. Na etapa final Mrio Vianna. Os paulistas jogaram com Osvaldo. Homero e Dema. Djalma Santos. Brandozinho e Alfredo. Renato. Rubens (Luizinho). Augusto. Ponce de Leon (Carbone) e Brandozinho II (Leopoldo. Os cariocas com Ernani (Luiz Borracha). Laerte e Wilson. Mirim. Irani e Sula. Aloisio (Alcino). Didi (Ipojucan). Silas (Dimas). Carlayle (Simes) e Esquerdinha (Moacir).


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2021 - Desenvolvido pela Williarts Internet