Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

Warning: getimagesize(controle/arquivos/noticias/f05fca35d2ef0b5e4a827da41f942376.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/futebolbarretos/www/ver_noticia.php on line 17

20/08/2009 - Lembra dele? Maxwell, ex Touro do Vale reside hoje em Ituverava

Na foto Maxwell em seu melhor momento: atuando pelo Palmeiras de Leão
Equipe do Palmeiras formada por: Diogo, Luiz Pereira, Émerson Leão, Maxwell, Paulo Roberto e Márcio Alcântara; sentados: Gilcimar, Carlos Alberto Borges, Jorginho, Reinaldo e Mané


O ex-jogador profissional de futebol Maxwell Cove, 52 anos, relembra sua chegada a Ituverava, em 1992, quando participou de um projeto da Secretaria Estadual de Esportes o "Escolas de Esportes".

Ele nasceu em Ipuã, cidade onde também se casou com Vera Cleide Trevisan Cove. Em 18 anos de futebol profissional, passou por grandes equipes e jogou com grandes nomes do esporte brasileiro.

Entre os fatos pitorescos, ele se lembra de um aniversário, comemorado em um dia de treino com os amigos, no Ituverava Tênis Clube. Atualmente, Maxwell é proprietário da loja Skina 99.

Veja, abaixo, a íntegra da entrevista.

Quando veio para Ituverava?
"Vim para Ituverava no final de 1992 para trabalhar num projeto da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo que se chamava "Escolas de Esportes", logo após ter encerrado minha carreira como jogador de futebol profissional em São José do Rio Preto".

"Vinha sempre a Ituverava passear, já que meu sogro Irmo Trevisan, minha sogra Juversina Tavares Trevisan e meu cunhado Eleel Romualdo e sua esposa Rita Cássia Romualdo Trevisan já moravam aqui e, como já havia encerrando minha carreira profissional, comecei a ‘namorar’ a possibilidade de aqui ficar definitivamente, já que me mudei de cidade quase a vida toda por força da profissão".

Onde nasceu e se casou
"Nasci na vizinha cidade de Ipuã, onde fiquei até os 18 anos. Maior parte desse tempo trabalhava com meu pai em uma loja de eletrodomésticos, até resolver tentar minha sorte no futebol".

"Conheci Vera, minha esposa, também em Ipuã. Começamos o namoro que culminou com casamento em 1982, quando jogava pelo Botafogo F.C. e ela foi fazer cursinho em Ribeirão Preto".

"Logo em seguida, nasceram nossos filhos Victor e Vinícius, e juntos começamos nossa rotina de mudanças, já que me transferia de clubes quase que anualmente. Moramos no Rio de Janeiro, São Paulo, Itu, Barretos e São José do Rio Preto para posteriormente virmos para Ituverava".

A primeira impressão
"A primeira impressão que tive de Ituverava é a de uma cidade acolhedora com os que aqui chegam, proporcionando-lhes uma sensação muito agradável e a vontade de ficar".

"Meus dois filhos, que hoje moram em São Paulo, onde estudam e trabalham, se consideram ituveravenses de coração e em qualquer folga ‘baixam’ por aqui. Na hora de voltar é uma tristeza danada. É nossa cidade do coração".

Vida profissional
Em 18 anos de futebol profissional, já joguei em equipes como o Santana Futebol Clube (Ipuã), Associação Atlética Internacional (Bebedouro), Cruzeiro Esporte Clube (Belo Horizonte), Uberlândia Esporte Clube, Botafogo Futebol Clube (Ribeirão Preto), América Futebol Clube (Rio Janeiro), Sociedade Esportiva Palmeiras, Ituano Futebol Clube, Barretos Esporte Clube, Rio Preto Esporte Clube, Atlético (Monte Azul Paulista), São Joaquim Futebol Clube e Igarapava Esporte.

Tive a honra de jogar com grandes nomes do esporte, como Leão (Palmeiras), Nelinho (Cruzeiro), Jorginho (América) – que hoje é auxiliar do Dunga na Seleção Brasileira –, e Mário Sérgio (Palmeiras). Também joguei contra destaques do futebol brasileiro, como Careca e Zico.

Fato interessante ou pitoresco
"Um fato interessante me ocorreu quando tínhamos uma turma de futebol que jogava todos os sábado à tarde, no Ituverava Tênis Clube e sabedores do meu aniversário que coincidia com o dia do treino, contrataram aquele carro de som com mensagens".

"O treino corria a todo vapor, quando de repente o veículo invadiu o clube e estacionou em frente ao campo. Começou a tocar temas românticos e a recitar poesias escritas pelos amigos Luiz Alves Ferreira Avezum, Rafael Ferreira da Silva, Antonio Mendes (Gibi), Fernando Solera e outros que agora não me lembro. Foi muito legal e surpreendente ao mesmo tempo, pois não imaginava que a criatividade deles fosse tanta. A surpresa maior veio depois quando me disseram que o pagamento da homenagem foi feito pelo Paulo Nunes (Macarrão). Lógico que não acreditei".

Sugestão para que Ituverava
"O crescimento de Ituverava foi mais acentuado nas áreas da Saúde e Educação, através da Fundação Educacional de Ituverava, que oferece vários cursos de alto nível e de suma importância. Na área da Saúde temos dois hospitais reconhecidos pela qualidade e bom atendimento equipados com aparelhos de primeira geração e médicos da mais alta competência. No entanto, falta-nos indústria para gerar mais empregos, fazendo crescer a arrecadação, que proporcionará um crescimento sustentado e mais coordenado".

"Admiro em Ituverava três locais, que qualquer visitante que aqui chega se empolga com a beleza. A Praça 10 de Março, a Cachoeira Salto Belo e a represa Dr. Paulo Borges de Oliveira/Joaquim de Menezes, que com alguns melhoramentos ficarão ainda mais bonitas".

"Sempre que tenho oportunidade agradeço a Deus por aqui ter me enviado junto com minha família, consolidei grandes amizades, criei meus filhos e aqui os eduquei, tenho meu comércio que consegui reunir uma clientela fiel e trabalho com muita alegria".


Raio X
Nome: Maxwell Cove
Idade: 52 anos
Profissão: comerciante
Esposa: Vera Cleide Trevisan Cove
Filhos: Victor Trevisan Cove, 26 anos, advogado, e Vinícius Trevisan Cove, 23 anos, administrador de empresas
Filiação: Antonio Cove (falecido) e Amelinda Zanotem Cove
Irmã: Michele Zonotem Cove




Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2018 - Desenvolvido pela Williarts Internet