Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

07/07/2009 - Os Periquitos: Bráz lava a roupa suja e apresenta sua versão

O zagueiro Braz, que ao lado do volante Vô, tem estado no centro de uma crise em Os Periquitos, entrou em contato com o repórter Mazinho Dias e expôs a sua versão sobre as declarações do técnico Vanilsom.
Segundo Braz, o que aconteceu foi o seguinte:
"Recebi o Vanilsom e o Juninho (diretor) em minha casa, e na ocasião o Vanilsom me prometeu alguma coisa para eu assinar, e eu tenho como testemunha o Fusão (ex Vila Rios) que acompanhou toda a conversa, e também viu quando o Vanilsom fazendo uso do celular do Juninho ligou para alguém que autorizou eu assinar naquelas condições, eu assinei e nunca recebi nada daquilo que o Vanilsom me prometeu, tempos depois eu liguei para um diretor do time e pedi a ele que me arrumasse um preparador físico porque eu não estava em forma, o diretor prometeu e também não fui atendido, diante disso deixei de ir jogar, mas só fiz isso porque o Vanilsom prometeu, não cumpriu e não me deu nenhuma satisfação"
Sobre o fato de não jogar mais em Os Periquitos neste ano, Braz comentou o seguinte:
"Desde quando cheguei em Os Periquitos sempre fui muito bem tratado por todos os diretores, eu adoro jogar futebol, estou disposto a continuar ajudando e se a diretoria e o grupo de jogadores resolverem aceitar a minha volta, estou a disposição deles porque não sou nenhum mercenário, como deu a entender a entrevista do Vanilsom".
Enquanto Braz se colocou a disposição para voltar caso a diretoria e o elenco o aceite de volta, o volante Vô, não se pronunciou sobre o assunto.


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2017 - Desenvolvido pela Williarts Internet