Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

18/03/2009 - Sugestão: Boleiros I e II, os dois melhores filmes ja produzidos sobre futebol

Boleiros I

Num bar de São Paulo, como fazem quase todas as tardes, um grupo de jogadores de futebol se reúne para aquelas conversas longas, desconexas e descompromissadas, típicas dos aposentados de qualquer profissão. Essas conversas ocupam aquele período de tempo difícil de preencher, umas duas ou três horas que são ao mesmo tempo fim de tarde e começo de noite.

Eles vão chegando separadamente, não há surpresa nenhuma com a chegada de qualquer um deles. Chegam com a naturalidade e a intimidade de encontros muitas vezes repetidos, quase automaticamente. E como acontece todas as vezes, a conversa gira em torno do futebol, que ainda ocupa seus pensamentos e assombra as suas noites.

Este na verdade é o filme. Papo de bar. A essência do futebol. A única diferença é que este é um papo entre especialistas, refinado, de gente que "esteve lá", que "conhece".

É inevitável que a conversa seja ilustrada por casos, e esses casos dão lugar a um segundo nível deste filme. Quando algum dos jogadores começa a ilustrar seus pontos ou argumentos com um caso, a ação se desloca para o caso que ele está narrando e os acontecimentos são encenados, às vezes com o auxilio da voz em off do jogador que está narrando. Quando ele termina de narrar, a ação volta para o bar, onde a conversa continua até que alguém comece outro caso.

A concepção deste roteiro visa incorporar no seu próprio desenvolvimento maneiras de ser que pertencem à tradição do futebol. Um exemplo, como já foi dito, é o próprio local: o bar. Outro exemplo é o formato do filme na forma de episódios ou casos. Quando se fala de futebol, sempre se ilustra a conversa com uma pequena vinheta; um lance que ficou na memória, uma frase de um jogador, um momento particularmente empolgante de um campeonato, a atuação de um jogador ou juiz. O roteiro tenta obedecer a esse esquema montado pelo povo, que é a sua maneira, a maneira brasileira de contar os fatos do futebol.

Quanto aos fatos, os casos narrados, o roteiro tenta também lidar com temas freqüentes, que na realidade já fazem parte do patrimônio comum da lenda do futebol.

O ex-grande craque que atravessa momentos difíceis uma vez que a carreira acabou, o juiz "comprado" que hesita em apitar o penalty "acertado" antes, o ex-craque, hoje vivendo de tentar ensinar garotos gordinhos de classe média como jogar futebol numa "escolinha", a macumba como último recurso quando a ciência parece falhar, o racismo ainda que a vítima seja um grande craque, a chegada traumática à cidade grande... Enfim, histórias de futebol.

O filme tende para o humor e a leveza mesmo quando é sério, de novo na tentativa de seguir a essência do próprio jogo. Futebol é humor, é firula, é o drible, é o toque de calcanhar, o gol de letra. Um filme sobre futebol tem que ser um pouco isso.

Elenco
Com Adriano Stuart
Flávio Migliaccio
Otávio Augusto
Cássio Gabus Mendes
Rogério Cardoso
João Acaiabe
Oswaldo Campozana
Paulo Coronato
Aldo Bueno
César Negro
Elias Andreato
Walter Breda
Wandi Doratiotto
Bruno Giordano
Cláudio Curi

E o Jornalista Matinas Suzuki Jr.
Participação Especial Antônio Grassi
André Abujamra
Sílvio César
E Lima Duarte
Atrizes especialmente convidadas Marisa Orth
Denise Fraga


Elenco por Episódio
Episódio Penalty
Virgílio Otávio Augusto
Coringa Luiz Ramalho
Técnico Interior Adolfo Paz Gonzalez
Técnico Juventus Jesse James
Repórter de campo Fábio Herford
Dirigente Cláudio Miranda Lopomo
Dirigente Eduardo Barranco
Dirigente Jorge Bouquet
Bandeirinha Kuki Stolarski
Jogador Cássio Ricardo

Episódio Paulinho Majestade
Paulinho Majestade Aldo Bueno
Zé Américo Cássio Gabus Mendes
Lira Walter Breda
Editor Bruno Giordano
Matinas Suzuki Jr. Matinas Suzuki Jr.
Maitre Luiz Carlos Rossi
Garçon Nilton Bicudo
Porteiro Gibe
Fotógrafa Andréa Mattar
Jornalista Carlos Mani
Pianista Silvio César

Episódio Pivete
Otávio Adriano Stuart
Pivete João Motta
Mãe do Eric Bel Kowarick
Eric Rafael Ruiz
Motorista do guincho Henrique Stroeter (Napão)
Marginal Augusto Dário Ribeiro
Pai 1 Antônio Destro
Pai 2 Vicente Fantin
Loirinho Nikolas Maciel

Episódio Azul
Azul Cléber Colombo
Neidinha Denise Fraga
Empresário do Azul Antônio Grassi
Tico Rubens Ferreira
Mesa Redonda Serginho Leite
Odair Baptista
Nelson "Tatá" Alexandre
Neville George
Cláudio Curi
Locutor da rádio Cazé Pecini
Dirigente italiano Angelo Sparano Vitelli
Dirigente da Portuguesa João Soromenho
Repórter Show de Esporte Rui Minharro

Episódio Pai Vavá
Torcedor 1 Eduardo Mancini
Torcedor 2 Robson Nunes
Torcedor 3 Adilson Gutierrez Pancho
Caco André Bicudo
Médico Elias Andreatto
Porteiro Wandi Doratiotto
Mãe do Frank Agnes Zuliani
Frank Diego Sampaio
Pai Vavá André Abujamra
Técnico Zé Maria
Preparador Físico Luis Carlos Galter
Cego Borges de Barros
Repórter Paulo Márcio Arapuan
Mulher do Caco Luciana Carnielli

Episódio Hotel
Técnico Lima Duarte
Hóspede do hotel Marisa Orth
Mamamá César Negro
Fabinho Guerra Paulo Coronato
Miltão Kiko Vianello
Repórter Saguão Eleonora Prado
Ascensorista Francisco Carvalho
Bar
Otávio Adriano Stuart
Naldinho Flávio Migliaccio
Juiz Rogério Cardoso
Ari João Acaiabe
Tito Oswaldo Campozana
Bizu Laert Sarrumor
Vozes dos Locutores Esportivos Ciro Jatene
Paulo Márcio Arapuan
Locução Esportiva Especial (Osmar Santos) Ciro Jatene


Boleiros II

Boleiros 2 é um filme sobre o Brasil atual, visto através do futebol.

O filme se dá em dois planos. Um, em que se relata a primeira visita que um famoso jogador brasileiro radicado na Europa faz ao Brasil depois que se tornou penta-campeão mundial. É também a primeira visita que esse jogador faz a um empreendimento do qual agora é sócio: o famoso bar do Aurélio, tradicional reduto de "boleiros".

Boleiros 2 é um filme em vários planos de representação.

Prioritariamente ele se passa na reinauguração de um bar, famoso reduto de jogadores de futebol, agora contando com novo sócio, Marquinhos, penta-campeão do mundo pela seleção e atual atacante de um milionário time europeu.

Nessa instância, aproveitando o dia em que o famoso jogador está visitando seu novo investimento, o filme é quase um documento das transformações pelas quais passou o futebol e seus protagonistas nos últimos anos. Em última análise é um retrato das transformações que a própria sociedade sofreu nesses últimos anos, na medida em que o futebol a representa à perfeição.

Trata-se de um desfile de jogadores, empresários, agentes, advogados, jornalistas à cata de noticia e torcedores de todos os matizes e condições sociais.

Tudo se passa nas novas instalações do velho bar, agora "repaginado" de acordo com o gosto dos novos donos.

Restou no bar, porém, um pequeno canto onde ainda se reúnem os velhos ex-jogadores que apareceram no primeiro Boleiros e que continuam conversando sobre futebol, vale dizer, contando histórias e experiências. Quando se ocupa deles o filme adquire uma outra face. A face humana da memória, da poesia, e de condutas nas quais o dinheiro representa pouco. Nessa outra instância o filme revisita os valores e as atitudes de uma sociedade que praticamente já não existe mais.

Boleiros 2 é novamente um filme fracionado, quase em episódios, várias histórias que perfazem um filme que tem muita comédia, muito drama e muita criatividade. Exatamente como o futebol.

Elenco
Naldinho Flavio Migliaccio
Juíza Neidinha Denise Fraga
Zé Américo Cássio Gabus Mendes
Virgilio Penalty Otávio Augusto
Otavio Adriano Stuart
Edil Lima Duarte
Aurélio Silvio Luiz
Lauro Paulo Miklos
Elisa Andréa Tedesco
Tereza Gabriela Rabelo
Dr.Naum Fulvio Stefanini
Advogada Lavínia Pannunzio
Macieira José Renato
Aninha Fernanda D´umbra
Marquinhos José Trassi
Rafael Benitez Petrônio Gontijo
Nestor Walter Portella
Barbosa Duda Mamberti
Magrão Anderson de Oliveira
Sócrates Sócrates
Caco André Bicudo
Lurdinha Suzana Alves
Motoqueiro João Motta
Bizu Laert Sarrumor
Empresário Todé Hélio Cícero
Sr. Burguês Fabio Herford
Repórter TV André Kfouri
Repórter TV Alê Primo
Funcionário Prisão Wandi Doratiotto
Major Perez Renato Consorte
Papa Carlos Fernando
Padre Julio Luis Damasceno
Coringa Luis Ramalho
Tico Rubens Ferreira
Feijão Luiz Carlos Feijão
Mamamá César Negro
Sobrinha Macieira Marina Tranjan
Garota da Moto Danielle Barros
Jogador Virgilio Andrio Candido
Benê Ruddney F.de Souza
Repórter de Campo Rui Minharro
Repórter de Campo Paulo Arapuâ
Segurança Adilson da Cruz dos Santos
Segurança 2 Da Lapa
Fisioterapeuta Ana Maria Médici
Treinador Luiz Carlos Gualter
Irmã Ivete Bri Fiocca
Irmã Vitória Vitoria Camargo
PM ZéGeraldo Marcondes
Religioso Vicente Fantin
Bebe João Guilherme
Babá Juliana Erica da Silva
Bandeirinha Rafaela Carvalho
Bandeirinha Leandro Queiroz
Acrobata Isabela Graeff
Embaixadinha Fabio Teixeira da Costa
Maria Chuteiras Nara Ferriani
Camila Machado
Larisse Baroni
Sabrina Costa
Bárbara Herrero
Luciana Martins
Bruna Ferrari de Oliveira
Jogadores Pacaembu
(Zé Maria) David da Silva Souza
Wilber Ricardo da Silva
Danilo Peres Pedrão
Caio Vinicius Pareja
Silvio Lucas Evangelista
Samorene Santos Santana
Diego Martinez Gallego
Anderson Trindade da Silva
Marcos C B Tolentino Filho
Marcon Rodrigues da Costa
Claudinei da Silva Santos
Judicael R dos Santos Jr
Ademio Dias das Silva
Anselmo Honorato de Souza
Marcio Rodolfo Junior
Bruno Pereira Fernandes
Danilo Alves da Silva
Rodrigo Vieira da Silva
Renato Gos Raposo
André F Freitas da Silva
Johnny Fernandes Cardoso
Marcus Vinicius Silva Santos
Felipe Calvo B. A Trindade
Lucas Henrique da Rocha Goes
Cayami H da Silva Barrasco
Wellington Aurelio da Cunha
Willian F Avelar
Silvino Silva de Oliveira
Wanderson Teixeira Franco
Jogadores Centro de Treinamento Art Cena


Busca de notícias      










Todos direitos reservados 2018 - Desenvolvido pela Williarts Internet