Ouça a Independente AM ao vivo!
 
 

 

18/02/2009 - Calvario do Vasco não tem fim e time perde outra no tapetão

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) manteve, nesta terça-feira, a punição estabelecida ao Vasco no julgamento da semana passada referente ao caso do jogador Jéferson. Com esta decisão, o Cruzmaltino perde seis pontos na Taça Guanabara e fica fora da disputa da semifinal da competição estadual.

Desta forma, Flamengo x Resende e Fluminense x Botafogo serão os duelos válidos pela semifinal da Taça Guanabara. Contudo, o Vasco deve recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pode até mesmo paralisar a disputa da competição estadual.

Nesta terça-feira, em um julgamento marcado por protestos de torcedores vascaínos, os votantes do TJD mantiveram, por 7 votos a 1, a punição ao Vasco, que havia sido decretada no julgamento da última quinta-feira.

Na ocasião, o Vasco havia sido punido pela Quarta Comissão Disciplinar com a perda de seis pontos em virtude da escalação considerada irregular do meia Jéferson na derrota para o Americano por 2 a 0, pela primeira rodada da Taça Guanabara. Neste cenário, o Cruzmaltino encerrava a primeira fase da competição estadual com oito pontos, ficando apenas na sexta colocação do grupo A.

Assim, Fluminense, com 11 pontos, e Resende, com 10 pontos, se credenciavam como os classificados do grupo A para as semifinais da Taça Guanabara, nas quais enfrentariam, respectivamente, Botafogo e Flamengo.

Com a manutenção da decisão do primeiro julgamento, o Vasco, mesmo tendo atingido dentro de campo os 14 pontos necessários para se classificar para a semifinal, não poderá lutar por uma vaga na decisão da Taça Guanabara.

Agora, o time de São Januário tem até o final de semana, quando estão previstos os primeiros jogos da semifinal da Taça Guanabara, para conseguir um recurso junto ao STJD.

Exclusão do Campeonato: Além de ficar fora da semifinal da Taça Guanabara, o Vasco pode até mesmo se excluído do Campeonato Carioca. Isso porque, no julgamento desta terça-feira, também foi aprovada a sugestão do relator Sérgio Saraiva, de analisar a conduta do time cruzmaltino no artigo 231.

De acordo com este artigo 231, o Vasco pode ser punido com a exclusão da competição e uma multa entre R$ 50 mil e R$ 500 mil. O clube cruzmaltino estaria sujeito a esta punição por ter procurado a Justiça do Trabalho antes de todas as instâncias da Justiça Desportiva estarem esgotadas.


Busca de notícias      








Todos direitos reservados 2019 - Desenvolvido pela Williarts Internet